Startup Night Budapest apresenta... Lisboa, Portugal.

Sep 4, 2019

A 5ª edição da Startup Night Budapest, o maior evento de empreendedorismo na Hungria, vai decorrer a 28 de novembro e Lisboa e Portugal irão estar em destaque.

Startup Night Budapest apresenta... Lisboa, Portugal.

Save the date: este ano, a 5ª edição da Startup Night Budapest, o maior evento de empreendedorismo na Hungria, vai decorrer a 28 de novembro - e Lisboa e Portugal irão estar em destaque.

Com o objetivo de proporcionar um ponto de encontro e de mostra de startups da Europa Central, a Startup Night Budapest 2019, organizada pela agência de desenvolvimento de Budapest, contará com participantes não só de países geograficamente próximos da Hungria como a Áustria, Roménia, República Checa, Polónia ou Eslováquia mas também da Alemanha, Bélgica e Irlanda.

O que liga Lisboa a Budapest? Para começar, Lisboa e Budapest são cidades geminadas há mais de 25 anos, ambas as capitais venceram o European Commission’s Startup Europe Award na categoria Best Public Administration for Startups nos últimos anos, e existe um Portuguese-Hungarian Venture Capital Fund

Sendo Lisboa a cidade em destaque, e Portugal o país convidado, as startups que queiram aproveitar esta oportunidade para explorar oportunidades na Europa Central, estão convidadas desde já a juntarem-se à delegação portuguesa. Além da participação e espaço expositivo no evento em si, há a possibilidade de serem agendadas reuniões, visitas ou encontros dirigidos e específicos, de forma a potenciar os contactos diretos com empresas ou outras instituições.

A Startup Night Budapest é de entrada livre, pelo que o acesso do público em geral é fácil, e terá algum impacto mediático no local, pelo que os contactos e entrevistas podem acontecer e ajudar à promoção pretendida.

Nem só de noite vive a Startup Night Budapest: durante o dia, serão organizados eventos com com especial destaque às áreas da música, criação de aplicações, E-Health/MedTech e FinTech

Porquê Budapest?

Budapest é considerada uma porta para o Mercado da Europa Central, sendo excelente como ponto de expansão para estes mercados. Mas há muitos outros pontos fortes a favor desta cidade:

- A rede 4G está entre as melhores do mundo (11º de velocidade de download speed, 8º de velociade de upload, 2º em mobile video experience – dados do OpenSignal’s 2019); Desenvolvimentos para 5G bem lançados.

- 27% das empresas húngaras empregam pelo menos um/a profissional de IT, um rácio claramente elevado quer para padrões europeus quer a nível mundial.

- Em 2016, a componente de inovação no Regional Competitiveness Index da UE foi 1.5 acima da média europeia.

- É na Hungria que está em marcha a finalização da mais moderna instalação para testes de condução autónoma.

- O crescimento económico da Hungria é o 2º mais alto europeu.

Pois, não foi por acaso que as startups britânicas escolheram Budapest como a melhor cidade europeia pós-Brexit para startups, numa listagem onde Lisboa aparece em 3º lugar. Alguns dos seus motivos envolvem impostos e taxas reduzidas, mas há critérios para todos os gostos, incluindo custo e qualidade de vida e acesso a talento.

De volta à agenda: 28 de novembro - a data já está bloqueada?
Se tens interesse em levar a tua startup a desfilar em Budapest, contacta-nos para weare@madeoflisboa.com