Lisboa vai ser a capital da tecnologia durante 3 dias

Sep 28, 2017

Está aí mais uma edição da Pixels Camp, desta vez no renovado Pavilhão Carlos Lopes de Lisboa

Lisboa vai ser a capital da tecnologia durante 3 dias
Fonte: Shifter

Primeiro foi Codebits, agora é Pixels Camp. Desde 2007, afirmou-se como um dos principais e maiores eventos de tecnologia realizados em Portugal e está de volta para mais uma edição. Será de 28 a 30 de Setembro, no renovado Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

O Pixels Camp é especialmente direccionado a programadores, que durante os três dias poderão escrever muito código (muito mesmo), assistir a palestras, participar em workshops e acompanhar as últimas tendências tecnológicas expostas na feira. O acesso é gratuito, mediante registo online (“apenas os mais talentosos podem entrar”, lê-se).

Temas como inteligência artificial, aprendizagem automática, criptomoedas, impressão 3D, realidade aumentada, realidade virtual, cibersegurança e nuvem (cloud) andarão nas bocas de todos os participantes e convidados deste Pixels Camp, onde também se falará sobre como se pode “hackear” o mundo das start-ups, sobre o que é um gestor de produto ou sobre como a linguagem de programação Python pode ser usada para resolver desafios científicos.

Os diversos acontecimentos vão desdobrar-se por quatro palcos – Palco Bright Pixel, Palco Beta-I, Palco NOS e Palco SegFault –, ao qual se junta o espaço de workshops. Esta programação funcionará em paralelo àquele que é o ponto alto do Pixels Camp: a maratona de programação de 48 horas. Prevê-se que seja tão intensivo que os participantes terão comida e café à sua disposição, bem como local para dormir e tomar banho. Sim, vão viver e programar durante 2 dias no Pavilhão Carlos Lopes.

Várias empresas estarão associadas ao Pixels Camp. O OLX, por exemplo, vai promover uma sessão de programação às escuras (Code In The Dark), uma competição durante a qual os programadores inscritos terão de dar tudo no seu HTML e CSS se quiserem chegar à grande final e, claro, disputar a sombria “taça”. Já a Talkdesk, start-up portuguesa que ganhou fama e estatuto ao desenvolver uma solução revolucionária para call centers, marcará presença com 40 colaboradores, 10 dos quais como oradores.

A NOS é um dos patrocinadores do Pixels Camp e promoverá no evento um ciclo de cinema de ficção científica, que terá lugar nas noites de 28 e 29 de Setembro, com os filmes Blade Runner, The Matrix, Operation Swordfish e Interstellar. A operadora de telecomunicações vai também mostrar uma experiência de realidade aumentada – o Holo Sport, que permite assistir a um jogo de futebol através de várias perspectivas e câmaras num estádio virtual.

Além de disponibilizar toda a internet wi-fi ao Pixels Camp, a NOS vai transmitir o evento no Canal NOS, disponível para os clientes na grelha de televisão. Ao todo no Pixels Camp, esperam-se 1200 participantes. Para os novatos foi feito um guia com todas as dicas de que precisam para parecerem veteranos. Mais info em pixels.camp.

***

Artigo publicado originalmente em Shifter: https://shifter.pt/2017/09/pixels-camp-lisboa-2017/